Vírus Sarrafo - "É só um começo?" - Five Lines

29 de maio de 2011

Vírus Sarrafo


Coluna para crítica musical de trabalhos autorais de bandas do Sul do Brasil, em especial, de Santa Catarina. Elogios e sarrafada em quem merece!





Para inaugurar a coluna Vírus Sarrafo, apresentamos o CD "É Só um Começo?" (2011), primeiro trabalho da banda Five Lines, de Caçador - SC. A banda toca clássicos do punk rock e do HC melódico e tem influências de Hateen, Green Day, Blink 182, Millencolin, Raimundos, entre outros grupos do gênero.





Sobre o CD:

Em geral, a banda me lembra muito uma mistura de Offspring, Sublime e um toque de Detonautas. Como todo grupo que segue mais esta linha do HC melódico, o Five Lines valoriza mais as letras do que o instrumental. Essa também é uma característa do próprio punk rock, como sempre bem exemplificado pelo Ramones.

Quando ouvi o CD pela primeira vez, levei um susto. Culpra das duas primeiras músicas, "Vitórias e derrotas" e "Uma vida inteira", pensei: "Bahh que bagulho mais Reação em Cadeia com Detonautas", mas, depois de ouvir o resto do álbum mais vezes, fui percebendo alguns pontos muito bons e algumas críticas construtivas.

Acredito que a guitarra possa dar um pouco mais de peso nas frases iniciais das canções. O punk é direto, curto e grosso. Nenhuma banda do estilo precisa fazer introduções bonitinhas. Pensando nisso, destaco duas músicas do CD, a "Ódio" e a "Tem que ser assim?". A primeira começa com um vocal um pouco mais rasgado e nervoso. Já a segunda, tem uma introdução pesada e diferente das outras músicas do CD, o que poderia ter sido repetido mais vezes no resto do trabalho.

Outra música que gostei muito foi a "Sr. Parlamentar", com uma letra que lembra muito as mensagens das bandas do Distrito Federal e de Renato Russo, com um toque mais irreverente, mais direto e menos poético. Também é nesta música que ouvi alguns backing mais concretos.

Mas, de todo o CD o que destaco de mais interessante é a música "Farofêro". A letra é muito divertida e o som remete claramente ao hardcore californiano. Acho que esta é a grande música do CD. Também é nesta música que senti uma presença maior do contra-baixo.

Acho que é isso. Pra quem curte o estilo, a banda é muito boa sim. As letras são interessantes e as mensagens são diretas. Como crítica construtiva, acredito que o grupo pode trabalhar mais em cima dos pontos positvos que citei, para continuar evoluindo e não ser só mais um trio de punk. Até mesmo, porque de trios punk com vocais gritadinhos (como Blink 182) o mundo já tá cheio.

Bom trabalho rapaziada.
Valeu!

Mais informações da banda no http://5linesoficial.wordpress.com/












Marcus Vinícius Carvalheiro
E-mail: marcus.carvalheiro@gmail.com
@mcarvalheiro

4 comentários:

Anônimo disse...

Vlw pela força! Vamos fazendo o pouco que sabemos com honestidade afinal, nosso intuito é sermos nós mesmos sme nada de virtuoses e sem frescuras, o discurso é simples e direto. Vlw!!
www.myspace.com/fivelinesofficial
Abraço!

Anônimo disse...

É isso aê

Valeu por mandarem o CD, não é qualquer manda que mete a cara no mundo mandando seus trabalhos pra galera da área avaliar!

Se todas as bandas tivessem este empenho, teríamos mais trabalhos autorais por aí!

valeu!

Marcus

Eduardo de Souza Rodrigues disse...

Muito bom o texto! Acredito que está seção poderá ajudar muito as bandas pela busca de mais qualidade!

Parebéns a banda Five Lines pelo material produzido! Sucesso!

Anônimo disse...

Valeu pelos comentários!! Ficamos muito agradecidos!!
Kinder da Five Lines

Postar um comentário

 
Vírus Rock | by TNB ©2010